Skip to main content

O motivo que fez esses médicos se curvarem faz lembrar que ainda existem pessoas boas no mundo. Veja:

Essa é uma daquelas histórias com final triste, mas que deixam uma lição valiosa e por isso merecem ser contadas. Um garotinho de apenas 11 anos de idade deu uma verdadeira lição de altruísmo em sua passagem por um hospital da China. Tão comovente e respeitosa foi sua decisão que os próprios médicos que o atenderam curvaram-se em homenagem.

Liang Yaoyi, natural da cidade chinesa de ShenZhen, pegou todos de surpresa ao tomar uma decisão jamais esperada para alguém da sua idade. Sofrendo de um câncer cerebral incurável e já em estágio terminal, o garoto optou, ainda em vida, por doar seus rins e fígado a pessoas que estivessem precisando, pois ele gostaria, em suas próprias palavras, de “continuar vivendo de uma outra forma”.

A atitude tão nobre fez com que os próprios médicos se curvassem à beira do leito nos momentos finais de vida de Liang, e sob o olhar emocionado – mas, com certeza, orgulhoso – de sua mãe.

O desejo do garoto foi prontamente atendido e de fato salvou a vida de algumas pessoas. Seu corpo foi doado a uma escola de medicina, também como parte do seu pedido. Liang tinha o sonho de ser médico, pois queria salvar vidas, entretanto, podemos dizer certamente que, mesmo de uma forma diferente, o sonho dele tornou-se realidade.